Sakae Mine, um dos 5 tradutores dos primeiros imigrantes japoneses no Brasil

Natural do Município de Takasaki, Província de Gunma. Sakae Mine graduou-se no curso de língua espanhola da Escola de Lingua Estrangeira de Tokyo. Em 27 de março de 1908, partiu de Tokyo em direção ao porto de Tsuruga, na Província de Fukui, e viajou de navio ao porto de Vladivostok, na Rússia.

De lá, ele travessou a Rússia de trem pela Ferrovia Trans-Siberiana e seguiu para a Europa. Na Inglaterra, do porto de Southampton embarcou em navio rumo à América do Sul.

Sakae Mine chegou em Santos no dia 3 de maio, com a missão de recepcionar os imigrantes que chegaram no cais santista a bordo do Kasato-maru, no dia 18 de junho de 1908. Acompanhou um grupo de 24 famílias okinawanas, composto de 152 imigrantes, que ingressaram em 27 de junho na Fazenda Canaã (Estação Canaã), da Companhia Mogiana de Estradas de Ferro.
Em 1912, o tradutor publicou um livro didático da Língua Portuguesa, escrito em japonês. Foi vice-cônsul do Escritório do Consulado Japonês em Santos, onde veio a falecer por conta de uma doença em 15 de março de 1927.

Foi sepultado no Cemitério do Paquetá, em Santos. A cerimônia teve apenas de membros da comunidade local, já que ele não tinha parentes no Brasil. Desde então, a Associação Japonesa de Santos tem mantido a conservação do seu túmulo no Cemitério, e realiza uma cerimônia em sua homenagem todos os anos, durante as comemorações do aniversário da Imigração Japonesa no Brasil.

Texto originalmente publicado no Nansei 342, de agosto de 2017.

Governador de Yamaguchi-ken visita a Associação Japonesa de Santos

Diretores da AJS e membros da comitiva de Yamaguchi-ken posam em frente à sede da Associação. Governador da província, Tsugumasa Muruoka (quarto agachado da esquerda para a direita), esteve presente – Foto: AJS

Uma comitiva de Yamaguchi-ken (região de Chugoku, sudoeste do Japão) visitou a Associação Japonesa de Santos na última sexta-feira (25). O governador da província, Tsugumasa Muraoka, esteve presente na sede.

No Brasil como convidados dos 90 anos do Yamaguchi Kenjinkai, a comitiva aproveitou a passagem pelo país para visitar a cidade de Santos como forma de estreitar as relações com a comunidade nikkei brasileira.

Comitiva de Yamaguchi-ken (esquerda) e o presidente do Santos FC, Modesto Roma (direita) – Foto: AJS

As autoridades também estiveram no Santos Futebol Clube, onde foram recebidos pelo presidente Modesto Roma. No local, o governador Muraoka propôs parcerias com o clube como a vinda de japoneses para treinar no Santos para o ganho de experiência, ou a ida de brasileiros ao Japão para ajudar no treinamento de clubes locais.

Além de membros do governo de Yamaguchi-ken, também foram convidados para as comemorações dos 90 anos do Yamaguchi Kenjinkai, governantes de cidades da província que mantenham relações com cidades brasileiras. Caso de Shimonoseki, cidade-irmã de Santos, cuja comitiva esteve presente na sede da Associação Japonesa de Santos na última quarta-feira (23).

Visita da comitiva de Yamaguchi ken (25/08/17)

Galeria de Ex-presidentes recebe retrato de Jorge Ajifu

Homenagem Jorge Ajifu - Galeria dos Ex-presidentes
Família posou para foto após a cerimônia (Foto: Matheus Misumoto)

Uma solenidade na manhã do último dia 30 de julho marcou a inserção da foto de Jorge Ajifu na galeria de ex-presidentes da Associação Japonesa de Santos, após liderar a entidade no biênio 2015-2016. O evento contou com a presença de membros da diretoria, voluntários e familiares do homenageado.

Em seu discurso, Ajifu lembrou um pouco de sua trajetória pessoal e do período em que esteve na presidência da instituição. Reforçou a importância da Associação Japonesa de Santos por ser a representante da comunidade nipo-brasileira na cidade onde a imigração japonesa teve início, e destacou a renovação da entidade com novas e jovens lideranças.

Também discursaram a atual presidente, Marise Harue Hirose Hashimoto, o ex-presidente Alcides Tadaki Sekitani e a professora da Escola de Língua Japonesa Kumiko Hoshida. As palavras da esposa, Vilma Ajifu, e do filho Marcelo encerraram a solenidade.

A cerimônia também foi marcada por uma novidade. A galeria com os retratos dos 11 ex-presidentes da entidade foi transferida da sala de espera no andar inferior, próxima a secretaria, para um espaço localizado no andar superior, com acesso à varanda da sede.

Homenagem Jorge Ajifu - Galeria dos Ex-presidentes - Descerramento
Jorge Ajifu faz o descerramento do retrato ao lado da atual presidente, Marise Hashimoto (Foto: Matheus Misumoto)

Perfil

Jorge Ajifu nasceu em 05 de dezembro de 1942 na cidade de Pedro de Toledo (SP). Com raízes da província de Okinawa, trabalhou em diversos ramos da indústria, incluindo o setor automotivo e aeronáutico. Também possui formação em pedagogia, e atuou como professor até a sua aposentadoria. É casado e pai de quatro filhos.

Desde 2005, Ajifu participa como voluntário das atividades da Associação, realizando apresentações com espada em diversos eventos da entidade, incluindo os Aniversários da Imigração Japonesa, Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear e o Santos Matsuri.

Antes de se tornar presidente da Associação Japonesa de Santos, Jorge Ajifu passou três biênios no Conselho Deliberativo da entidade, onde atuou inclusive como vice-presidente. Também foi presidente da Associação Nipo-Brasileira de São Vicente. Em 2013, assumiu a presidência da Casa de Repouso Santos Kosei Home, mantida pela Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Enkyo), importante instituição da comunidade nipo-brasileira.

Concorrendo em chapa única, o 11º presidente da história da entidade foi eleito em Assembleia Geral Ordinária realizada no dia 29 de março. Em sua posse, Ajifu relembrou a história da entidade, a luta pela retomada da sede e pediu a participação dos jovens e de todos os membros para a continuidade das atividades.

O grande destaque do biênio em que Jorge Ajifu esteve na presidência foi a assinatura do projeto de lei que autoriza a doação do imóvel da sede da Associação Japonesa de Santos à entidade. O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 10 de novembro de 2016, e foi sancionado pelo Presidente da República no dia 05 de dezembro do mesmo ano.

A publicação da lei no Diário Oficial da União foi praticamente o capítulo final de uma luta de mais de 60 anos da comunidade nipo-brasileira da região, que envolveu líderes das entidades e políticos de diversos partidos, de vereadores a deputados federais. Durante a sua gestão foram realizadas visitas ao Consulado Geral do Japão em São Paulo, à Embaixada do Japão em Brasília e à Câmara dos Deputados.

Jorge Ajifu discursa em cerimônia na Galeria dos Ex-presidentes
Jorge Ajifu discursa na cerimônia (Foto: Matheus Misumoto)

Santos também recebeu várias visitas de japoneses ilustres durante o biênio. A primeira delas foi a do autor de mangás (quadrinhos japoneses) Nobuhiro Watsuki, criador do título Rurouni Kenshin – Samurai X, que participou de uma palestra na Associação em julho. No mês seguinte foi a vez da tripulação da Força Marítima de Autodefesa do Japão, que mobilizou toda a comunidade nikkei da cidade.

Em 2016, por conta dos Jogos Olímpicos, o departamento de jovens mobilizou a visita de alunos da Escola de Língua Japonesa da entidade ao treino da equipe japonesa de maratona aquática, que treinou em Santos para a competição. No final de sua gestão, a Associação recebeu ainda a visita do presidente da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Japan International Cooperation Agency – JICA) e de membros da Câmara de Conselheiros do Japão.

Novas atividades também foram adicionados ao calendário da entidade. Cursos de culinária e aulas de odori se somaram a eventos culturais tradicionais, como o Undokai, o Keirokai e o Festival da Cultura Japonesa. E, no final de 2016, um coquetel reuniu associados e autoridades para a comemoração dos 10 anos da retomada do casarão.

Durante a sua gestão houve sequência nos programas de voluntariado da JICA na Escola de Língua Japonesa, inclusive com o aumento de alunos e de aprovações no Exame de Proficiência, e um maior intercâmbio de informações com outras entidades. Além disso, foi dado o início às obras de melhorias da infraestrutura da sede para novos padrões de segurança.

Encontre-nos nas Redes Sociais:

Associação Japonesa de Santos

História Presidentes Diretoria

Contato e Localização

Rua Paraná, 129 – Vila Mathias
CEP 11075-320 – Santos, SP – Brasil
secretaria@ajscultura.com

+55 (13) 98876 7076