Associação Japonesa de Santos – Bunkyonet

Akira Kushida e Psychic Lover em São Paulo

Associação Japonesa de Santos

Postado em 04/08/2011 às 3:00

20110712_akirakushida_af2011Por Matheus Misumoto

A presença de Akira Kushida e Psychic Lover no primeiro domingo do Anime Friends 2011 foi marcado por uma apresentação divertida, carismática e misturando os clássicos nostálgicos das trilhas dos tokusatsus – seriados de super-heróis japoneses – com as músicas recentes do gênero.

A energia de estar no meio de pessoas de todas as idades, dos adolescentes aos adultos de trinta-e-poucos-anos, vindos de todos os cantos do Brasil, cantando músicas em uma língua que mal entendem – talvez entendam só o sentido da letra porque leram a tradução na Internet -, mas que fazem parte da vida e da identidade de cada um é contagiante.

Relação essa que transforma um senhor de mais de 60 anos de idade, como é o caso de Akira Kushida, em um ídolo pop. Mesmo que sequer tenha sido entrevistado por uma emissora de TV brasileira, mesmo que haja a distância de milhares de quilômetros do Japão. Distância que, naquela noite, era de apenas alguns metros.

Akira Kushida, ou “Kushi”, como foi apelidado, cantou seus maiores sucessos. ”Ginga no Taazan” e “Daileon”, de Kyoju Tokusou Juspion (O Fantástico Jaspion); “Taiyou Sentai Sun Vulcan”, do seriado homônimo; “Kidou Keiji Jiban” e “Ashita Yohou wa Itsumo Hare”, de Kidou Keiji Jiban foram algumas das músicas da setlist. O show também contou com a música “Guts! Guts!”, do animê Toriko, que foi lançada neste ano no Japão. Durante a apresentação, Kushi ainda comentou sobre sua estadia no Brasil, país que gostaria de morar.

Representando a nova geração das AnimeSongs, a dupla Psychic Lover, formada por Yoffy no vocal e Imajo na guitarra, também levantou a galera no domingo. Os pontos altos foram ao som dos temas de Tokusou Sentai Dekaranger (que ficou conhecido no País como Power Rangers SPD), Samurai Sentai Shinkenger (que deu origem a Power Rangers Samurai, recém-anunciada na TV por assinatura) e “Boukensha ON THE ROAD”, encerramento de Gou Gou Sentai Boukenger (Power Rangers Operação Ultraveloz, na versão americana).

A surpresa ficou por conta da versão Psychic Lover do encerramento da série Mahou Sentai Magiranger (aka Power Rangers Força Mística), originalmente interpretada por Sister Mayo. A dupla ficou responsável pelo arranjo, sendo que Yoffy ainda assina a composição da canção. A versão ficou muito boa e, para alguns que estavam lá, até melhor do que a original. “Chou! Saikyou! Warriors”, de Bakugan Battle Brawlers: New Vestroia, e “Lost in Space”, de Tytania, também fizeram parte da setlist.

Além das músicas, houve espaço também para o humor. Ao comentar o ramen à brasileira, Akira Kushida deu origem ao “Kushiramen”. E ainda, acredite, fez a dança do siri na parte instrumental da música-tema de Jiraya. Yoffy, do Psychic Lover, ao ouvir pedidos de música de quem estava na grade, soltou um “sem problema”, e ainda usou a expressão pra fazer paródia com o refrão da música Pegasus Fantasy, abertura do animê Cavaleiros do Zodíaco. O grito “Tá Foda”, imortalizado no show de Yoshiki Fukuyama no Brasil em 2005, foi entoado pelo público e repetido muitas vezes pelos cantores.

Para fechar com chave de ouro, Akira Kushida e Psychic Lover cantaram juntos no palco “Ore ga Seigi da! Juspion”, tema de abertura de Jaspion.

 



Busca

Apoio

  • JICA
  • Bunkyo