Associação Japonesa de Santos – Bunkyonet

Embaixador do Japão no Brasil visita a Associação Japonesa de Santos

Associação Japonesa de Santos

Postado em 17/11/2014 às 15:00

Visita do embaixador Kunio Umeda à AJS

Kunio Umeda foi recepcionado na sede da Associação Japonesa de Santos (Foto: Matheus Misumoto)

A Associação Japonesa de Santos recebeu a visita do embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, na sexta-feira (14). Foi a primeira passagem pelo diplomata na cidade desde que chegou ao País, em março deste ano.

Umeda chegou à cidade pela manhã e fez sua primeira parada na sede da Associação Japonesa de Santos, onde foi recepcionado pelo presidente, Alcides Tadaki Sekitani, diretores e por representantes das demais entidades nipo-brasileiras da cidade. O embaixador demonstrou interesse pela história e pelo cotidiano da entidade e conheceu as dependências da sede. Inclusive a escola de língua japonesa da Associação, que chamou a atenção do representante máximo do governo japonês no Brasil.

Visita do Embaixador Umeda  - Escola da AJS

Kunio Umeda visitou as instalações da escola de língua japonesa da AJS (Foto: Matheus Misumoto)

A próxima parada de Umeda foi a escultura de Tomie Ohtake e o monumento à imigração japonesa, ambos localizados no Parque Municipal Roberto Mário Santini, no Emissário Submarino. A inauguração da escultura da artista plástica foi realizada em 2008, durante as comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, com a presença do príncipe-herdeiro do Japão, Naruhito.

Em seguida, embaixador fez questão de fazer uma rápida visita ao Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, antes do almoço oferecido no Estrela de Ouro FC. O vice-presidente da Associação Japonesa de Santos e presidente da Câmara Municipal, Sadao Nakai, também participou junto com as demais autoridades no almoço oferecido no clube nikkei.

Após o almoço, Umeda fez um pronunciamento a todos os presentes lembrando a comemoração dos 120 anos de Amizade Brasil-Japão, que acontecerá em 2015. Ele destacou a importância da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil, e a cooperação visando as Olimpíadas de 2020 em Tóquio. Ressaltou os esforços em fortalecer a cooperação do governo japonês com a comunidade nipo-brasileira, como intercâmbios acadêmicos e envio de voluntários da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) para o País.

Visita embaixador Umeda - Emissário

Embaixador visitou também a escultura de Tomie Ohtake e o monumento ao imigrante japonês (Foto: Matheus Misumoto)

Kunio Umeda também solicitou o envolvimento da comunidade e entidades nipo-brasileiras nas atividades dos 120 anos de relações diplomáticas entre os dois países, citando parte do plano de eventos comemorativos e abrindo espaço para que as entidades também participem organizando ações que possam receber a chancela comemorativa.

Do Estrela de Ouro Futebol Clube, a comitiva seguiu escoltada pela guarda do Porto de Santos até o Armazém 14, local onde o Kasato Maru atracou no cais santista e deu início à imigração japonesa no Brasil. No local encontra-se um monolito com o sobrenome e local de origem das famílias que desembarcaram daquele navio em 18 de junho de 1908.

A última parada do embaixador na cidade foi no Santos Kosei Home, casa de repouso mantido pela comunidade nipo-brasileira através da Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Enkyo). Ele discursou para os internos e autoridades, visitou as dependências da entidade e conversou com representantes e voluntários antes de seguir de volta para São Paulo.

A passagem pelo Porto de Santos, marco zero da imigração japonesa do Brasil, também fez parte da agenda (Foto: Matheus Misumoto)

A passagem pelo Porto de Santos, marco zero da imigração japonesa do Brasil, também fez parte da agenda (Foto: Matheus Misumoto)



Busca

Apoio

  • JICA
  • Bunkyo