Associação Japonesa de Santos – Bunkyonet

Jorge Ajifu (2015-2016)

Jorge Ajifu, 11º presidente da AJS

Jorge Ajifu nasceu em 05 de dezembro de 1942 na cidade de Pedro de Toledo (SP). Com raízes da província de Okinawa, trabalhou em diversos ramos da indústria, incluindo o setor automotivo e aeronáutico. Também possui formação em pedagogia, e atuou como professor até a sua aposentadoria. É casado e pai de quatro filhos.

Desde 2005, Ajifu participa como voluntário das atividades da Associação, realizando apresentações com espada em diversos eventos da entidade, incluindo os Aniversários da Imigração Japonesa, Dia da Luta pelo Desarmamento Nuclear e o Santos Matsuri.

Antes de se tornar presidente da Associação Japonesa de Santos, Jorge Ajifu passou três biênios no Conselho Deliberativo da entidade, onde atuou inclusive como vice-presidente. Também foi presidente da Associação Nipo-Brasileira de São Vicente. Em 2013, assumiu a presidência da Casa de Repouso Santos Kosei Home, mantida pela Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Enkyo), importante instituição da comunidade nipo-brasileira.

Concorrendo em chapa única, o 11º presidente da história da entidade foi eleito em Assembleia Geral Ordinária realizada no dia 29 de março. Em sua posse, Ajifu relembrou a história da entidade, a luta pela retomada da sede e pediu a participação dos jovens e de todos os membros para a continuidade das atividades.

O grande destaque do biênio em que Jorge Ajifu esteve na presidência foi a assinatura do projeto de lei que autoriza a doação do imóvel da sede da Associação Japonesa de Santos à entidade. O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados no dia 10 de novembro de 2016, e foi sancionado pelo Presidente da República no dia 05 de dezembro do mesmo ano.

A publicação da lei no Diário Oficial da União foi praticamente o capítulo final de uma luta de mais de 60 anos da comunidade nipo-brasileira da região, que envolveu líderes das entidades e políticos de diversos partidos, de vereadores a deputados federais. Durante a sua gestão foram realizadas visitas ao Consulado Geral do Japão em São Paulo, à Embaixada do Japão em Brasília e à Câmara dos Deputados.

Santos também recebeu várias visitas de japoneses ilustres durante o biênio. A primeira delas foi a do autor de mangás (quadrinhos japoneses) Nobuhiro Watsuki, criador do título Rurouni Kenshin – Samurai X, que participou de uma palestra na Associação em julho. No mês seguinte foi a vez da tripulação da Força Marítima de Autodefesa do Japão, que mobilizou toda a comunidade nikkei da cidade.

Em 2016, por conta dos Jogos Olímpicos, o departamento de jovens mobilizou a visita de alunos da Escola de Língua Japonesa da entidade ao treino da equipe japonesa de maratona aquática, que treinou em Santos para a competição. No final de sua gestão, a Associação recebeu ainda a visita do presidente da Agência de Cooperação Internacional do Japão (Japan International Cooperation Agency – JICA) e de membros da Câmara de Conselheiros do Japão.

Novas atividades também foram adicionados ao calendário da entidade. Cursos de culinária e aulas de odori se somaram a eventos culturais tradicionais, como o Undokai, o Keirokai e o Festival da Cultura Japonesa. E, no final de 2016, um coquetel reuniu associados e autoridades para a comemoração dos 10 anos da retomada do casarão.

Durante a sua gestão houve sequência nos programas de voluntariado da JICA na Escola de Língua Japonesa, inclusive com o aumento de alunos e de aprovações no Exame de Proficiência, e um maior intercâmbio de informações com outras entidades. Além disso, foi dado o início às obras de melhorias da infraestrutura da sede para novos padrões de segurança.

Busca

Apoio

  • JICA
  • Bunkyo